Notícias

168 anos de Thomas Edison

O Instituto Edison preparou uma série de posts em homenagem ao aniversário de Thomas Edison. Para começar, conheça as cinco maiores invenções do Mago da Luz:

 

Lâmpada incandescente

O primeiro item da lista não poderia ser outro. A invenção de Thomas Edison tirou de vez a humanidade das trevas, dando mais autonomia às escolhas de horários e trabalhos. Acesa a 21 de outubro de 1879, a lâmpada brilhou 45 horas seguidas e consagrou Edison, que passou a ser chamado de mágico e gênio para cima.

 

Roda de borracha

A roda foi a maior invenção da humanidade, mas até 1843 as rodas dos meios de transporte e carga eram de madeira, sem nenhum tipo de revestimento. Edison então teve a ideia de revestir as rodas de madeira com borracha, diminuindo assim o atrito e o risco de acidentes.

 

Cinetógrafo

O cinetógrafo foi a primeira câmera cinematográfica bem-sucedida do mundo, criada por Thomas Edison para mostrar os filmes que fazia. Ele inventou ainda uma tela para exibir as imagens que capturava em sequência e, quando reproduzidas de forma rápida, davam a impressão de movimento 

 

Bateria de carro elétrico

Em 1901, Thomas Edison apresentou a bateria de níquel-ferro. Mais eficiente que as de ácido de chumbo usadas até então, tinha vantagens tanto ecológicas quanto de desempenho, por causar menos impacto ambiental e levar menos tempo para serem recarregadas.

 

Microfone de carbono

Apesar de não haver consenso sobre quem inventou o telefone, Graham Bell ou Antonio Meucci, uma coisa é certa: Thomas Edison foi o inventor do microfone de carbono, que deu eficiência ao projeto. Essa tecnologia contava com um sistema capaz de converter som em um sinal elétrico, permitindo que a voz fosse transmitida a longas distâncias. 

NEWSLETTER

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOVIDADES SOBRE O INSTITUTO.

ACOMPANHE-NOS NAS REDES SOCIAIS

(11) 3106 5580

Close