TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÃO

Telecomunicação

O Técnico em Telecomunicações está apto a atuar na instalação, manutenção e aceitação de sistemas de telecomunicações, incluindo: redes de computadores, sistemas de radiodifusão, televisão analógica ou digital, telefonia fixa e móvel, comunicação de dados, comunicação via satélite, comunicação óptica e radiocomunicação.

Este profissional atua no levantamento, análise e acompanhamento de indicadores operacionais dos sistemas telefônicos ou outros sistemas de telecomunicações; realiza projetos técnicos de acordo com os procedimentos de segurança do trabalho e em respeito às normas ambientais; presta consultoria técnica em nível de especificação de equipamentos e sistemas na área de Telecomunicações, manutenção, instalação e configuração de equipamentos de telecomunicações, tais como, modens, roteadores, hubs, switchs, celulares, terminais inteligentes, telefones sem fio, fax, identificador de chamadas, radiocomunicadores, equipamentos voIP, entre outros.

Desempenha funções em empresas que não tenham como atividade fim a prestação de serviços de telecomunicações, dentre as quais podem ser citadas instalação e manutenção de sistema interno de telefonia, incluindo central privativa de telefonia (PABX), extensões telefônicas, programação e categorização de ramais; instalação e configuração de software de monitoramento de ligações telefônicas; instalação e manutenção de rede telefônica de acesso; instalação e configuração de computadores em rede e instalação e manutenção de sistema coletivo de TV.

Durante sua formação enfatiza-se comprometimento e responsabilidade, valores éticos orientados para a cidadania; importância de atualização e compartilhamento de conhecimentos em tecnologia; integração de conhecimentos individuais para atingir metas estabelecidas para equipes.

RECEBA A FICHA ESTRUTURAL DO CURSO

Preencha os dados abaixo para receber em seu email uma ficha estrutural contendo as datas de início de turmas, os valores e o conteúdo programático.


No decorrer do curso o aluno terá aulas teóricas e práticas nas seguintes disciplinas técnicas: Eletrônica, Eletricidade, Desenho, Eletrotécnica Aplicada, Mecânica Técnica, Máquinas Elétricas, Projetos Elétricos Residenciais, Normatização e Procedimentos de Segurança, Acionamentos Elétricos, Gestão de Negócios, Eletrônica Industrial e Comandos Elétricos.

DISCIPLINAS
MÓDULO I MÓDULO II MÓDULO III MÓDULO IV
Eletricidade Básica Lab II: Projetos Elétricos Residências Normatização e Procedimento de Segurança Cabine Primária
Eletrônica Básica Mecânica Gestão de Negócios Eletrônica Industrial
Desenho Técnico Máquinas Elétricas I Máquinas Elétricas II Comandos Elétricos I
Lab I: Eletricidade Básica Eletrotécnica Aplicada I Eletrotécnica Aplicada II Lab III: Comandos Elétricos
    Acionamentos Elétricos  

O curso tem duração de 1 ano – quatro módulos de três meses, o Diploma é reconhecido pelo MEC, válido em todo o Brasil e dá direito ao registro no CREA de Habilitação Plena segundo Decreto 90.922/85 do Confea.


1 ano
4 módulos de 3 meses
1200 horas

Este profissional pode atuar fazendo instalações elétricas em qualquer etapa do processo de geração, transmissão ou distribuição de eletricidade. Podemos verificar os efeitos de sua atuação em diversos aspectos da vida social, pois deles dependem tanto o funcionamento de uma imensa rede de distribuição de energia, sistemas de comunicação e transporte quanto o de um equipamento médico-hospitalar, por exemplo.

O eletrotécnico tem ação marcante em cada uma dessas áreas e atividades. Em Sistemas Elétricos Industriais podemos destacar:

  • Planejar, programar, controlar, supervisionar atividades;
  • Orientar e coordenar a execução de serviços de manutenção de equipamentos;
  • Realizar o controle da qualidade dos trabalhos;
  • Gerar especificações técnicas e prestar assistência na aquisição de materiais para reposição e estoque de componentes e equipamentos;
  • Ser o responsável por projetos de instalação de residências e industrias, até 800 Kva;
  • Solicitar, acompanhar e interpretar os resultados de medições, ensaios, testes e controles;
  • Elaborar relatório técnico que retrate a viabilidade econômica da manutenção elétrica;
  • Estudar e avaliar defeitos e diagnosticar suas causas para as providências corretivas;
  • Coordenar e formar equipes de trabalho;
  • Elaborar planilha de custos de manutenção elétrica de máquinas e equipamentos industriais, considerando a relação custo-benefício;
  • Coordenar atividades de utilização e conservação de energia elétrica, propondo a racionalização de uso de fontes alternativas;

NEWSLETTER

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOVIDADES SOBRE O INSTITUTO.

ACOMPANHE-NOS NAS REDES SOCIAIS

(11) 3106 5580

Close